Posted by: bailux | March 23, 2011

Bailux 2011-intervindo na realidade local

http://efeefe.no-ip.org/agregando/laboratorios-experimentais-interface-rede-rua

Encontro com Pablo bailux ontem terça feira 22/março/2011,sonhamos muitas utopias do possivél e falamos do texto do EfefeLaboratórios Experimentais: interface rede-rua e o quanto inspiraramos  e orientaramos nestas reflexões. Aqui no Bailux  as áreas de interesse continuam sendo a apropriação crítica de tecnologias, a experimentação e descoberta, o aprendizado em rede, a construção coletiva e circulação de conhecimento livre, a MetaReciclagem.  Estamos sintozados com a imersão na aldeia pataxó e vamos concntrar nossas ações neste percpeção: “minha projeção de inovação aplicada para futuros melhores não é centralizada nem depende de grandes estruturas. Pelo contrário, ela está nas pontas, conversando com as ruas, presente nas gambiarras do dia a dia, naturalizada como prática cultural que alia adaptabilidade, autodidatismo e desejo de mudança.{efefe]

Sibioticos com este pensamento: ”

Conhecimento compartilhado e o mundo lá fora

Através da internet, as redes sociais e os ambientes colaborativos online têm possibilitado a construção e circulação de conhecimento compartilhado – em especial naqueles ecossistemas informacionais que usam licenças livres como ferramenta de disseminação e replicação.

na atividade por aqui:”O conhecimento gerado no processo, na vivência, na troca, no compartilhamento.
Se queremos fortalecer os aspectos transformadores das redes colaborativas e enriquecer os contextos locais com suas possibilidades, precisamos ultrapassar o paradigma do acesso. Eu e outrxs temos insistido na importância da apropriação, da experimentação e da proximidade com o cotidiano para trilhar essa estrada. É a partir dessa experiência que tenho pensado sobre Laboratórios Locais de Tecnologias Livres.{efefe}

Preocupar-se menos com a ideia abstrata de público e de oficinas de formação, e mais com o desenvolvimento de tecnologias em si, solução de problemas. Tentar criar um ambiente acolhedor, que receba visitas não agendadas sem intimidar as pessoas. Que proporcione liberdade de ação e facilite a criação colaborativa. Que tenha um mínimo de infraestrutura (cadeiras, bancadas, tomadas, cabos de rede). Uma mistura de esporo de MetaReciclagem, Ponto de Cultura

EM 2011 VAMOS NOS ORIENTAR EM AÇÕES QUE PROMOVAM ESTA PRATICA: “Preocupar-se menos com a ideia abstrata de público e de oficinas de formação, e mais com o desenvolvimento de tecnologias em si, solução de problemas. Tentar criar um ambiente acolhedor, que receba visitas não agendadas sem intimidar as pessoas. Que proporcione liberdade de ação e facilite a criação colaborativa. Que tenha um mínimo de infraestrutura (cadeiras, bancadas, tomadas, cabos de rede). Uma mistura de esporo de MetaReciclagem, Ponto de Cultura” efeefe #tamojuntos http://efeefe.no-ip.org/agregando/laboratorios-experimentais-interface-rede-rua


Responses

  1. As praticas ilicitas perante as normas vao sempre fuguir as regras. Os pontos de chegadas ja existem? tao ai !!!! mas e os de partidas ? tambem ta ai
    TUDO DENTRO DE VC !!!!!
    acorde , levante e venha brincar de ensinar !!!!!!!!!!!!!!

    ao MESTRE baylux

    abraço do bando !!!!!!!


Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

Categories

%d bloggers like this: